Os 25 alimentos mais alcalinos

Os 25 alimentos mais alcalinos

Quem não sabe que produtos processados, açucarados e com ingredientes químicos são péssimos para a saúde!

Pois é, a maioria está ciente disso, mas os fast-foods, por exemplo, não deixam de estar cheios.

Esse tipo de alimento altera o pH do nosso corpo, causando consequências terríveis.

O correto é que o nosso organismo seja alcalino, mas o ser humano insiste na má alimentação, acidificando o sangue.

O pH ácido afeta o sistema imunológico, abrindo espaço para muitas doenças graves. Por isso, é muito importante que você faça de tudo para que seu corpo atinja o pH ideal. Para ajudar você a manter sua saúde e bem estar, veja nesta  lista de alimentos alcalinos abaixo que devem ser consumidos regularmente:

Acelga

Com folhas verdes e hastes que podem variar entre o branco, vermelho ou amarelo, o vegetal tem sabor exótico e melhora a digestão. È anti-inflamatória e  protege-nos contra vírus, bactérias e radicais livres.

Melão, Melancia

Ajuda a eliminar toxinas e a alcalinizar o pH. Quanto mais madura a fruta maior a concentração de substâncias ativas. O melão é muito rico em bioflavonóides, que são excelentes fontes de antioxidantes e anti-inflamatórios. A melancia possui fibras insolúveis, que ajuda no intestino, e fibras solúveis, que ajuda também a diminuir a quantidade de açúcar e gordura na circulação.

Trigo sarraceno

Além de não ter glúten e aumentar nossa energia, este trigo, se consumido regularmente, melhora a função cardiovascular. Ajuda a melhorar a digestão e proteger o trato digestivo.

Pode moderar os níveis de açúcar no sangue, é uma boa escolha  para quem é diabéticos.

Linhaça

Esta semente é altamente alcalina, com fibras e muita vitamina E.

ela pode combater inflamações e reduz sintomas das menopausa. Rica em ácidos graxos ômega 3 e 6, eles ajudam no controle do colesterol e dos triglicérides, são bons aliados no combate a doenças cardiovasculares

Abacate

Composto por gorduras monoinsaturadas saudáveis que fortalecem o coração. Contém vitaminas A e do complexo B e alguns sais minerais como ferro, cálcio e o fósforo. Eles são ricos em vitaminas E e C, potentes antioxidantes que ajudam a promover a saúde dos dentes e das gengivas, e também protegem os tecidos do corpo de danos oxidativos

Banana

A banana é rica em vitaminas C, B1, B2 e B6 e em  cálcio, ferro, potássio e fósforo. Baixa a pressão arterial; Controle das taxas de colesterol; Reduz o risco de derrame ou problemas cardíacos; Auxilia na sensação de saciedade. É alcalinizante do sangue

Cenoura:

Contém betacaroteno e é conhecida pela capacidade de melhorar a visão. – Este legume é riquíssimo em betacaroteno, um elemento importante para a visão. Além disso, o betacaroteno é importante para a pele e as mucosas. – Possui também as vitaminas: A, C, B2 e B3. – Fósforo, potássio, cálcio e sódio são os sais minerais presentes na cenoura.

Alho:

Rico em antioxidantes e flavonoides, o alho possui entre seus compostos ativos vitaminas A, B1, B2, C, além das substâncias Alicina, Alina, Germânio e Selênio. Combinados, esses elementos têm uma função protetora do nosso organismo, com as propriedades antisséptica, antifúngica e anti-inflamatória.

 Brócolis:

Os benefícios do brócolis são muitos: ele é rico em diversos nutrientes, pobre em calorias, composto por inúmeras propriedades anticancerígenas e muito eficaz na prevenção de doenças. Possuem altas quantidades de cálcio, ferro, potássio, zinco e de vitaminas A, B, C e K.

Uvas:

Contém muitas vitaminas e antioxidantes, além de ser ótimas para hipertensos. A uva é rica em carboidratos, vitaminas do complexo B e vitamina C, minerais como potássio, cálcio, fósforo, magnésio, cobre e iodo. Por ser rica em antioxidantes e flavonoides está associada à diminuição do colesterol, combate aos radicais livres e muito rica em flavonoides  e resveratrol

Abacaxi:

Proporciona perda de peso saudável.   Atua como anti-inflamatório, por ser rico em bromelina; prevenir doenças cardíacas e câncer, por ser rico em vitamina C  Reduz os riscos de trombose, é antioxidante.

Brotos:

São de fácil digestão e cheios de enzimas e proporcionam equilíbrio hormonal. Os brotos são ricos em muitos nutrientes e retardam o envelhecimento

Limão:

Fruta alcalina, apesar de ter o sabor ácido; previne resfriados, tosse e gripe. Melhora a digestão. O suco de limão estimula a produção de bílis pelo fígado, necessária na digestão, depurativo e diurético, estimulante do sistema imunológico, ajusta o pH purifica a pele.

Couve-de-bruxelas:

Ótimo anticancerígeno, ricas em fibras, vitaminas e nutrientes. Legume baixo em calorias. Contêm ácidos ómega-3 ALA. Também são bons para a saúde óssea.

Couve-flor:

O vegetal está entre os 20 melhores pontuados no Índice de Nutrientes  Densidade  Agregado (ANDI), que mede a quantidade de vitaminas, de minerais e de conteúdo fitonutriente em relação ao conteúdo calórico. A couve flor fornece uma grande quantidade de nutrientes para uma pequena quantidade de calorias. Versatilidade descreve a couve-flor, você pode comê-la crua em saladas, cozinhar, ou até mesmo fazer um purê.

Laranja:

Além da vitamina C, a laranja também oferece ácido fólico, cálcio, potássio, magnésio, fósforo e ferro. Contém fibras, pectina e flavonóides, que aumentam seu valor nutritivo. O principal benefício da laranja são suas propriedades antioxidantes.

Algas marinhas:

Abundantes em iodo e ferro e diminuem bastante a acidez do organismo. Elas são ricas em nutrientes, como iodo, cálcio, fósforo, magnésio e ferro; além das algas marinhas também conterem vitamina K, que é anti-hemorrágica e melhora a saúde do sistema gastrointestinal.

Quinoa:

Regula o açúcar no sangue. A quinoa é naturalmente sem glúten e contém ferro, vitaminas do complexo B, magnésio, fósforo, potássio, cálcio, vitamina E e fibras. Ela é um dos poucos alimentos vegetais considerados uma proteína completa, composta por todos os aminoácidos essenciais.

Pepino:

Formado por 90% de água, ajuda a emagrecer, por que é pobre em calorias e dá uma sensação de saciedade. Melhora a contração e saúde muscular, por conter potássio e magnésio;

Melhora a circulação sanguínea, por ser pobre em gorduras e rico em água.

Salsa:

    Prevenir câncer, por ativar a glutationa, um potente antioxidante no organismo;

    Prevenir gripes e envelhecimento precoce, por ser rica em antioxidantes como óleos essenciais, vitamina C e flavonoides, especialmente a luteolina.

Manga:

Limpa o cólon.    Combater a prisão de ventre porque tem efeito laxante e melhora a digestão; Ajuda a controlar a pressão porque tem fibras solúveis e antioxidantes que melhoram o funcionamento das artérias; Proteger as células e prevenir o câncer é rico em antioxidantes.

Mamão-papaia:

 é um laxante natural e libera toxinas do cólon. Além de possuir propriedades medicinais e ser considerada uma das frutas com efeito calmante natural, é rica em vitaminas A, C, cálcio, ferro, potássio, minerais e fibras, facilita o trânsito intestinal.  Combate os radicais livres – Rico em vitamina A, o mamão possui antioxidantes que retardam o envelhecimento.

Painço:

Cereal alcalino; bem melhor que o arroz. O painço pode ser considerado um alimento auxiliar na saúde cardiovascular devido ao seu alto teor de magnésio. Estudos mostram que o magnésio tem um papel importante na redução da pressão arterial e do risco de infartos. Uma xícara de painço cozido fornece 25% da necessidade diária de magnésio.

Rúcula:

Possui uma grande quantidade de cálcio e vitamina A, excelentes para o corpo. As folhas mais novas e tenras podem ser utilizadas para saladas. As propriedades da rúcula são importantes, sendo rica em ácido fólico e antioxidantes, que são essenciais para a prevenção de uma série de doenças. Ela também é fonte de vitamina A, vitamina C, vitamina K, ferro, cálcio, potássio, fósforo, e manganês. A rúcula, membro da mesma família do brócolis, repolho e outros vegetais crucíferos,

Nem sempre temos a oportunidade de comermos alimentos frescos e saudáveis, por isso é importante termos em nossa mesa alimentos que vão favorecer nosso organismo e regular o pH de nosso corpo. Busque uma alimentação mais saudável e uma reeducação alimentar, para ficar longe de problemas de saúde.

Um abraço e até a próxima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *