• G+

Comida para o Cérebro

Cérebro

 

Os cereais integrais ajudam a perder peso e são melhores para a saúde. Mas também são extremamente essenciais para a saúde do cérebro. Depois de ingerido, o carboidrato vira glicose, que é basicamente o único alimento útil para o cérebro. Por causa dessa necessidade biológica, o cérebro gosta mesmo é de carboidrato na sua forma mais simples, como o que está presente nas frutas, no açúcar, no mel e nos cereais, que se transformam imediatamente em energia pura para suas células.

O cérebro é um órgão que precisa de muita energia apesar de ser responsável por apenas 2% do peso corporal, ele consome até 20% do fornecimento total de energia, revela Jill Fullerton Smith, produtora dos programas científicos do canal de televisão BBC. Mas você pode educar seu cérebro criando o hábito de comer alimentos integrais todos os dias e mantê-lo sempre bem nutrido com algumas táticas, como a de comer a cada 3 horas, pois ao contrario do fígado e dos músculos, o cérebro não estoca glicose.

O medico nutrólogo Dr. Eric Slywitch explica bem isso quando nos alimentamos guardamos glicose no fígado, pois quando estivermos sem glicose no intestino (que seria absorvida para o sangue), o fígado vai liberar esta glicose para o sangue com a função de leva-la ao cérebro. Porem, quando estamos mais que 3 h sem ingerir alimentos, o cérebro vai garantir seu recebimento de glicose sem contar exclusivamente com o que existe no fígado. E nesse momento começamos a liberar mais cortisol e glucagon, hormônios que destroem nossa massa muscular para transforma-la em glicose que o cérebro precisa.

Esta destruição dos músculos, não garante todo o combustível que de o cérebro precisa para funcionar, então ele começa a falhar. Neste meio tempo, a pessoa se sente cansada, mal humorada, com tontura e suando frio, correndo o risco de desmaiar. Por isso, é comum ouvir relatos negativos de quem colocou a sua saúde em risco com a famosa dieta da proteína em que os carboidratos são praticamente excluídos. As dietas sem carboidratos são adotadas por que deseja perder alguns quilos com rapidez.

Mas, na ausência do carboidrato, aumenta-se o risco de desenvolver doenças cardiovasculares e diabetes, além de ocorrerem vários efeitos colaterais, como mau hálito, tontura, cansaço prejuízo na memoria e ate perda de massa magra (musculo), alerta Dra. Suzete Motta, médica ortomolecular.

Conclusão

A pessoa faz a dieta para perder peso, mas em vez de perder gordura, perde músculos, que em situação normal consomem calorias para funcionarem. Conforme a pessoa prede massa muscular ela ganha flacidez e aumenta o percentual de gordura corporal. Para emagrecer é preciso se alimentar bem. O prato de todas as refeições de ter carboidratos, proteínas, como os feijões, verduras e legumes que compõe pratos coloridos e apetitosos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *