Os 6 ingredientes que fazem seu cérebro crescer

Os 6 ingredientes que fazem seu cérebro crescer

Você já se perguntou por que a memória das pessoas costuma mudar dando uns apagões e uns brancos após os 50 anos?

Muitos com cérebro aguçado o raciocínio perfeito e de repente, fica lento, esquecido, confuso?

Você já deve ter reparado esse tipo de mudança de comportamento em algum amigo, parente ou até em você mesmo não é mesmo!

Bem, tudo isso acontece, não é por causa da idade não. O motivo é outro, bem diferente do que se apresenta.

Na verdade, seu cérebro precisa de limpeza, oxigênio e glicose para funcionar em plena potência. Esse processo biológico ocorre sem esforço até os 30 anos. Porém, depois disso, se você não cuidou e fez excessos, a coisa pode ir ladeira a baixo. É fato que os cérebros adoecidos vão perdendo força e tamanho. As tomografias mostram isso a olho nu.

São vários fatores que contribuem para que isso venha a acontecer.

Os 3 pilares abaixo são essenciais para se ter um cérebro de qualidade nos anos vindouros.

Alimentação;
Suplementação;
Exercícios físicos.

Nosso cérebro a medida que envelhecemos vai perdendo a capacidade de retenção de vitaminas e minerais, então precisamos dar um ajudinha para ele.

Os 6 ingredientes essenciais para um cérebro turbinado

 

O TCM, TCM são triglicérides de cadeia média e ajudam a formar a bainha de mielina e se encontra principalmente no óleo de coco. Trata-se de uma “capinha” que conecta um neurônio ao outro. Liga o Tico ao Teco, (rsrsrs) Por isso, é fundamental para promover o raciocínio rápido e veloz.

Quando ela está íntegra a comunicação é instantânea, porém com o passar dos anos e uma alimentação baseada em refinados brancos essa capinha vai sendo destruída o que ocasiona a perda de memória e a demora no raciocínio.

A vitamina D3, A vitamina D3 é um importante hormônio do nosso corpo, formado a partir da exposição ao sol. Pessoas que moram no Nordeste do Brasil e em lugar de alta incidência de sol os níveis de vitamina giram em torno de 100ng/mL.

A concentração de vitamina D3 no sangue deve estar acima de 60ng/mL. Quando nos encontramos com carência de vitamina D3, nossa capacidade de funcionamento neuronal pode ser alterada e a níveis alarmantes.

A manutenção desta vitamina em nosso organismo é muito importante a queda não acontece do dia para a noite. São várias décadas dessa até que se venha a sentir a falta de D3 para que você fique mais propenso a esclerose e ao Alzheimer.

Devemos nos expor a luz solar da manhã por no mínimo 20 minutos, o nosso cérebro está cheio de receptores de Vitamina D3. A Vitamina D3 estimula e promove a limpeza das placas de uma proteína chamada de beta-amiloide, que são um marcador da presença de Alzheimer. Ou seja, quanto mais limpeza, menor probabilidade de doenças degenerativas.

Coenzima Q10,  a Coenzima Q10 (CoQ10) é um composto orgânico presente em todas as células do organismo que potencializa a ação das enzimas. O principal resultado da CoQ10, no cérebro, é que ela faz as mitocôndrias renascerem.

Mitocôndrias são estruturas microscópicas, que existem em todas as células. Elas são responsáveis por produzir energia. O cérebro necessita ao máximo esta energia, e quando ele não recebe o suficiente ele começa a sofrer apagões.

DHA, no ômega 3

O melhor nutriente neurológico ao meu ver que existe que eu conheço é o DHA (ácido docosa-hexaenoico), um dos ácidos graxos do ômega 3.

O DHA potencializa o nosso desempenho cognitivo muito necessário para o desenvolvimento cerebral, para fortificar a memória, para tratar o Alzheimer e outras demências e até mesmo a depressão. Ele também aumenta o número de sinapses,  que favorece no aprendizado.

Quando estamos com baixos níveis de DHA, a comunicação entre os nossos neurônios é reduzida, o que está diretamente ligado às doenças neurológicas. O consumo regular de ômega 3 diminui os riscos de demência ao envelhecer. Ele é encontrado principalmente nos peixes de aguas profundas e geladas.

PQQ, Pirroloquinolina quinona

Esta proteína encontrada principalmente nos Ovos; Kiwi; Pimentão verde; Espinafre; Cenouras cozidas; Repolho; Tomate. Ela ajuda a aumentar os níveis de energia e resistência; reduz a fadiga; aumenta a cognição e memória.

À medida que envelhecemos, se não tomarmos atitudes simples, podemos ter o cérebro inundado por impurezas e em razão disso os neurônios se atrofiam, a memória e o humor diminuem e os níveis de neurotransmissores tem um declínio.

A Colina

A acetilcolina é um neurotransmissor e é também um dos principais responsáveis pela nossa memória a longo prazo. A acetilcolina não é um suplemento, não pode ser tomada por meio de um comprimido ou injetada.

Um dos fatores do envelhecimento celular é a diminuição da produção de energia, que está diretamente ligado com as mitocôndrias. A acetil-l-Carnitina pode ajudar no rejuvenescimento celular, ajudando a célula na produção de energia.

Para ampliar a oferta de colina busque nos alimentos saborosos como, carnes, castanhas e nozes, ovos de preferência os cozidos no máximo por 7 minutos você pode comer quantos ovos quiser, pois a oferta de colina ao cérebro é imediata, beneficiando assim todas as áreas do cérebro.

Bom espero que tenha gostado deste artigo, deixe seus comentários gostaria muito de ouvi-los

Na próxima postagem estarei falando do

Melhor Detox para lavar seu cérebro.

Até a próxima fiquem com Deus

Share and Enjoy !

Shares

Talves você também tenha interesse

2 Comments

  1. Laudiceia Ferreira Dos Santos

    Achei muito interessante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.