• G+

Alguns alimentos para viver melhor

alimentos melhor

Para chegar aos 100

Para se chegar aos 100 anos, então você deve priorizar estes alimentos em sua mesa.

Todo mundo sabe que se alimentar bem garante uma qualidade de vida melhor, porem muitos ainda não o sabem realmente o que é se alimentar bem. Apenas 25% dos genes são determinados no momento do nascimento por heranças familiares, ou seja, genéticas, o restante é determinado e modulado ao longo da vida com hábitos e estilo de vida. Comer de maneira saudável e equilibrada, evitando exageros, pode evitar envelhecimento precoce, é o que afirma a nutricionista Robena Mloinari.

Nossos antepassados tinha um padrão de vida onde o tempo e o preparo dos alimentos era fundamental para uma boa refeição. Hoje muitos não têm mais tempo por bem dizer nem de comer quanto mais de preparar uma refeição sadia com legumes, verduras e os outros complementos, o que empobrece a refeição e da brecha para todo tipo de enfermidades acelerando o processo de envelhecimento precoce. Mesmo que você não tenha tempo para cozinhar, e caso você coma em restaurantes, procure sempre por alimentos saudáveis.

Comece com o tomate: vermelho e suculento o tomate que botanicamente é um fruto, mas na culinária o mesmo é legume, (no entanto não há consenso na sua classificação). Este fruto tem superpoderes contra o aparecimento de tumores, principalmente os de próstata, de pâncreas e de pulmão, e de doenças cardiovasculares ele reduz os níveis de colesterol ruim e ajuda a controlar a pressão arterial. Seu ótimo desempenho é devido à presença de licopeno, carotenoide que da cor ao alimento e combate a degradação causada pelos radicais livres no organismo. Molho de tomate ou tomate cozido são ainda melhores por serem mais protetores, é que o calor libera o licopeno e outros nutrientes. O consumo é de três tomates por semana.

Outro ingrediente que muitas pessoas passam longe por causa de seu cheiro é o alho, ele tem propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e anticoagulantes. Ele ajuda a diminuir o colesterol e os triglicerídeos no sangue, auxilia no tratamento da hipertensão e no combate a derrames e infartos combatendo a formação de coágulos no sangue. Para que se possa beneficiar desta propriedade do alho ele precisa ser consumido em pedaços ou machucado na salada, pois a propriedade benéfica do alho a alicina só aparece quando ele é cortado ou machucado.

De preferencia também ao brócolis, ele faz parte do alimentos funcionais, que são capazes de tratar ou prevenir doenças. Possui elevados teores de vitamina C, minerais e fibras de baixo teor calórico ótimo para que queira emagrecer ou manter o peso. Sua maior virtude esta no sulforafano substancia que relaxa as artérias e controla a pressão sanguínea; protege o estomago de gastrite e ulceras; elimina toxinas responsáveis por mutações cancerígenas. Seus folatos cuidam do cérebro, ajudando na prevenção do mal de Alzheimer.

E já que estamos falando de verduras na hora de tempera-las esqueça dos molhos prontos, pois são cheios de conservantes e com altos teores de sódio. Prefira o azeite de oliva, pois o óleo extraído das azeitonas é um verdadeiro elixir par o corpo. O azeite contem ácidos graxos monoinsaturados, gorduras de boa qualidade que protegem o coração. Rico em vitamina E, tem importantes propriedades antioxidantes, auxiliando no combate aos radicais livres. Também possui esqualeno e oleocanthal, anti-inflamatórios que reduzem o colesterol. O óleo também melhora a circulação do sangue, previnem tumores, especialmente o de mama, evita gastrite, cuida da suade dos olhos, afasta a gordura da região abdominal e combate o diabetes tipo 2. Se você gosta de castanhas, experimente nozes, é um dos alimentos mais ricos, graças a suas gorduras poli-insaturadas e à arginina, substancia que atua na regeneração dos órgãos, podem ser chamadas de amigas do peito. Elas são ricas em vitamina E, que tem função antioxidante e reduz o risco de ocorrências de lesões causadas pelos radicais livres nas células, como o envelhecimento precoce, também tem porções generosas de potássio e vitaminas do complexo B, que, respectivamente, ajuda a controlar a pressão arterial e dá energia a todas as células do corpo.

Agora se você é adepto de cereais integrais coma mais linhaça, ela é um dos alimentos mais ricos em  ômega 3 e 6, gorduras essenciais capazes de diminuir o colesterol ruim (LDL) e os triglicerídeos, através da inibição de enzimas produtoras desses compostos. Atua diretamente na parede de vasos e artérias, prevenindo o aparecimento das placas de gordura, também é rica em fibras, que auxiliam na diminuição do colesterol, no controle glicêmico e no bom funcionamento intestinal. Bastado apenas 2 colheres de sopa por dia. Outro cereal também muito importante e muito bom é a aveia. Considerado um dos alimentos funcionais, a aveia é rica em betaglucana, uma fibra especial que absorve parte da gordura na corrente sanguínea e a elimina do organismo. De certo modo as fibras da aveia agem como um detergente, reduzindo os níveis de colesterol e controlando o açúcar no sangue, sendo uma aliada na prevenção e controle da diabetes. Consumir aveia melhora a pele, o humor, auxilia na perda de peso e na eliminação das toxinas pelo organismo.

A  maça, como o ditado popular já dizia, uma maça por dia é uma dieta sadia. Isso porque a maça é rica em quercetina, antioxidante que combate os danos causados às células. Sua casca, principalmente, contém pectina, fibra solúvel que ajuda a regular o intestino e previne contra o câncer de colón e também de mama. Depois do almoço se vai de sobremesa escolha uma fruta de preferencia a uva, preferivelmente as de coloração que vão do vermelho ao preto elas agem em favor do coração. Os principais antioxidantes na fruta são os flavonoides e o resveratrol. Rica em antocianinas substancia antioxidante e anti-inflamatória, combate o envelhecimento precoce e previne varias doenças fortalecendo o sistema imunológico. Uma porção por dia de 3 a 4 vezes por semana.

Inversamente proporcional

As necessidades calóricas para manutenção do corpo caem a partir do 30 anos. Depois do 50, diminuem 10% a cada década. Estudos apontam que a longevidade está associada ao consumo de baixas calorias diárias, assim como o excesso de alimentos esta associado ao aparecimento de doenças crônicas na vida adulta. Portanto, conforme a idade aumenta, o tamanho das porções e valor calórico de suas refeições precisa diminuir. Caso contrario, poderá surgir possíveis complicações em decorrência do aumento de peso.

Como podemos observar comer saudável é apenas uma questão de escolhas. Então quando for almoçar seja em casa ou em um self service faça a sua escolha

Um abraço e até a próxima.

[wpsr_facebook] [wpsr_addthis]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *