Dicas para a conservação e colheita de ervas e plantas

 

Abaixo relaciono algumas dicas para a conservação e colheita de ervas e plantas que por ventura poderão ser usadas em chás, infusões, unguentos e cataplasmas:

 

a) As folhas, brotos e talos devem precialmente ser colhidos antes das floradas das plantas, pois é nesta fase que a planta esta ativa.

b) Colha as plantas medicinais em dias amenos, sem chuva, e em horários de sol fraco e suave, as mesmas estarão mais frescas e menos queimadas pelo sol.

c) As melhores plantas são as intactas, que aparentam força e vitalidade. As danificadas pelo sol, vento e insetos não servem.

d) As flores, como camomila e rosa-branca, devem ser colhidas antes da maturação completa. Espere que o botão se abra pela metade e então colha.

e)  Raízes  de ervas devem  ser limpas com uma escova macia na intenção de, eliminar sugeiras insetos e terra que ficampresas nela.

f) Caso vá conservar folhas ou raizes, nunca use água para lava-las, limpe-as te com um pano limpo e as raizes escoveas com cuidado.

g) Estenda fios de náilon em local livre de poeira e insetos. Veja se o local é arejado iluminado pelo sol, mas não diretamente. Prenda as ervas separadas, deixe-as secar de dia, recolhendo-as para evitar o sereno da noite.

h) Guarde as plantas já secas em vidros esterilizados e completamente secos.

i) Lembre-se: as maiores inimigas das ervas secas são a umidade e a poeira.

j) Observe a validade das ervas, plantas e raízes conservadas. Cada qual tem seu tempo de validade. de 3 em 3 meses de uma renovada nas que já estão com aspecto de mofo ou bolor.

Assim você sempre terá ervas frescas em casa.

E você que ervas gosta ou cultiva? No próximo post estarei ensinando como cultivar ervas em lugares pequenos.

Até a próxima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.