Como ficar Imune a gripes e resfriados e outras enfermidades

Como ficar Imune a gripes e resfriados e outras enfermidades

 

Na natureza temos vários alimentos eficazes para aumentar a imunidade de nosso organismo, que nos darão forças para lutar contra as doenças que atacam nosso organismo principalmente nessa época do ano quando o inverno se inicia.

Abaixo estão relacionados alguns destes maravilhosos componentes da natureza.

A salsa, o eucalipto, o guaco, o gengibre e a malva são ótimos para a preparação de chás ou inalações, pois diminuem diversos sintomas das gripes e resfriados, como irritação, inflamação de garganta e nariz.

A cenoura: rica em betacaroteno aumenta as defesas contra qualquer infecção bacteriana ou viral. Outros alimentos com a mesma propriedade são: mangas, mamão, laranjas, melão e vegetais verdes (couve, rúcula e mostarda);

A Castanha do Brasil: Rica em muito nutrientes e os principais são o magnésio e o selênio que são nutrientes importantes e que a gente tem dificuldade de atingir na alimentação e com apenas 3 castanhas por dia essa quantidade é atingida. Cuidado com excesso, pois mais de 6 castanhas pode causar dor de cabeça pela quantidade de selênio, além da castanha ser muito calórica.

O Peixe: Rico em ômega 3 que ajuda a combater as infecções, outra opção de alimentos ricos em ômega 3 são o atum e a sardinha em lata.

Um mineral que se destaca para manter o Sistema Imune eficiente é o ZINCO

O zinco atua na reparação dos tecidos e na cicatrização de ferimentos. Carnes, cereais integrais, oleaginosas (castanha-do-Brasil, castanha de caju, nozes, amêndoas), sementes (linhaça), leguminosas (feijão, grão de bico, ervilha) são alimentos ricos em zinco e importantíssimos para a imunidade de nosso organismo e deve estar sempre presente nossa alimentação.

 Este mineral valioso aumenta a produção e a eficácia dos glóbulos brancos que combatem as infecções.. O zinco também aumenta as células “assassinas” que lutam contra o câncer e que ajudam os glóbulos brancos liberação de mais anticorpos. O zinco também aumenta o número de células-T que combatem as infecções, especialmente em pessoas idosas, que muitas vezes são deficientes em zinco e cujo sistema imunológico enfraquece, muitas vezes com a idade. Uma palavra de cautela: zinco demais (mais de 75 miligramas por dia) na forma de suplementos pode inibir a função imunológica.  . Este mineral faz parte de mais de 300 enzimas, sendo essencial para que inúmeras reações químicas ocorram no nosso organismo. Sua maior importância está para o bom funcionamento imunológico, assim como para o crescimento de fetos e crianças, sendo essencial na gravidez.

Sua deficiência pode provocar sintomas como: queda de cabelo, perda de paladar, retardo de crescimento em crianças, unhas fracas, entre outros. A ingestão de grandes quantidades de Ácido Fólico também pode provocar a deficiência de Zinco. O pimentão, brócolis, couve de Bruxelas, couve-flor, sucos de frutas, suco de limão, mostarda, laranja, mamão, morango. Alimentos com vitamina C aumentam a produção de células brancas que auxiliam no combate de infecções do sangue e aumentam os níveis de interferon, o anticorpo forma película protetora das células impedindo a entrada de vírus.

VITAMINA E

Fontes: amêndoas, brócolis, acelga, mostarda, azeitonas, mamão, girassol, nabo. A vitamina E estimula a produção natural de células “assassinas” (células que procuram e destroem bactérias e células cancerosas). A vitamina E aumenta a produção de células B, as células imunes que produzem anticorpos que destroem bactérias. A vitamina E também pode reverter parte do declínio na resposta imunológica comumente associada ao envelhecimento.

CAROTENÓIDES

As hortaliças de carotenóides são aquelas que apresentam cor amarela, laranja ou vermelha e contêm carotenos, como beta-caroteno. O betacaroteno aumenta o número de células que combatem as infecções. Os pesquisadores acreditam que não é apenas o beta-caroteno, que produz todos estes bons efeitos, mas todos os carotenóides trabalhando juntos. Os caretonóides presentes nos alimentos são mais protetores contra o câncer do que suplementos de betacaroteno. Você deve comer pelo menos cinco porções de frutas e legumes todos os dias.

VITAMINA B12

Fontes: carne, cordeiro, leite, salmão, camarão entre outros. A vitamina B12 é central para os processos imunológicos porque, sem quantidade adequada de B12, as células brancas do sangue não podem amadurecer e se multiplicar. O ácido fólico também desempenha um papel fundamental no desenvolvimento do sistema imunológico e manutenção.

TIAMINA (B1)

Fontes: aspargos, cereais, carne de porco, sementes de girassol, atum.

RIBOFLAVINA (B2)

Fontes: aspargo, fígado de vitelo, cereais, cogumelos alface, alface.

NIACINA (B3)

Fontes: aspargos, peito de frango, cereja, cogumelos, carne de porco, salmão, tomate, atum.

PIRIDOXINA (B6)

Fontes: pimentão, couve-flor, cereja, mostarda, atum, nabos.

FOLATO

Fontes: aspargos, beterraba, brócolis, fígado de vitela, lentilhas, salsa, alface, espinafres.

CROMO

Fontes: levedo de cerveja, ostras, fígado, cebola, cereais integrais, farelo de cereais, tomate, batata. Muitas pessoas não ingerem o cromo o suficiente em sua dieta, devido aos métodos de processamento de alimentos que removem o cromo que ocorrem naturalmente em alimentos comumente consumidos. Investigações recentes em cobaias animais mostram que o cromo pode aumentar a capacidade das células brancas do sangue para responder à infecção.

SELÊNIO

Fontes: castanha do Brasil, arroz integral, queijo cottage, frango (carne branca), gema de ovo, alho, linguado, lagosta, cogumelos, carne de porco, salmão, camarão,  sementes de girassol, atum, cereais integrais. O selênio aumenta as células naturais assassinas e mobiliza as células no combate câncer de combate a células.

1. TOMATE FORTALECE A MEMÓRIA

Já se sabe que ele é rico em licopeno, antioxidante que previne o câncer e impede a formação do mau colesterol. Mas um estudo recente, da Universidade de Kentucky, nos Estados Unidos, comprovou que o tomate também é fonte de ácido ferúlico, que preserva os neurônios da degeneração provocada pelo stress oxidativo, protegendo contra os males de Alzheimer, de Parkinson e a demência senil. “Duas unidades por dia são suficientes para retardar o aparecimento dessas doenças em quem apresenta predisposição genética a elas”, diz o endocrinologista Wilmar Accursio, presidente da Sociedade Brasileira de Antienvelhecimento. Como o fruto é um dos alimentos que mais retêm agrotóxicos em sua casca, prefira os orgânicos.

2. ALHO AUMENTA A IMUNIDADE

Rico em componentes que ativam o sistema imunológico e combatem vírus, bactérias e fungos que causam infecções, o alho pode agir como coadjuvante no tratamento de resfriados, gripes e aftas, por exemplo. “Além disso, graças aos compostos fotoquímicos (alicina e ajoeno), o alimento ajuda a baixar os níveis de açúcar no sangue e tem ação antioxidante importante no controle do câncer”, afirma o endocrinologista Filippo Pedrinola, de São Paulo. Seus compostos ainda inibem a produção do mau colesterol e impedem a arteriosclerose – o espessamento da parede das artérias causado pelo depósito de gorduras. Para colher os benefícios, o médico sugere a ingestão diária de 600 a 900 miligramas de alho cru amassado (um dente grande ou dois pequenos).

 

3. FRUTAS VERMELHAS PROTEGEM CONTRA O CANCÊR

Amora, framboesa e morango contêm ácido elágico, que evita o envelhecimento precoce das células e a formação de tumores, segundo pesquisa da Universidade de Brasília publicada em 2006. Além disso, essas frutas têm flavonóides, com propriedades antiinflamatórias, antialérgicas e anticancerígenas. Nesse grupo, Jocelem Salgado, presidente da Sociedade Brasileira de Alimentos Funcionais, destaca o mirtilo, que ajuda a reverter o declínio das funções cerebrais e previne cataratas e glaucoma. A nutricionista Vanderlí Marchiori, de São Paulo, sugere o consumo diário de duas taças com um mix de frutas vermelhas (de preferência, orgânicas), um copo de suco (vale usar frutas congeladas) ou duas xícaras de chá feito com as folhas.

4. CASTANHA-DO-PARÁ RETARDA O ENVELHECIMENTO

Ela é fonte de vitamina E e selênio, que colaboram para frear a produção de radicais livres, desacelerar o envelhecimento e reduzir o risco de doenças do coração. O mineral, ingerido em doses recomendadas (entre 55 e 70 gramas por dia), evita a propagação do câncer, atua no equilíbrio do hormônio da glândula tireóide e fortalece a imunidade. Um estudo conduzido por pesquisadores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e professores da Universidade Federal do Acre comprovou a eficácia da castanha e de alimentos enriquecidos com farinha de castanha-do-pará na recuperação de crianças desnutridas na Amazônia. “Uma unidade por dia é capaz de suprir as necessidades diárias de selênio”, diz Vanderlí Marchiori.

5. MAÇA ACALMA O ORGANISMO 

O que não faltam são razões para consumir a fruta, de preferência com casca e tudo. Uma unidade contém 85% de água em sua composição e 5 gramas de fibras solúveis e insolúveis, o que significa entre 15 e 20% da dose diária indicada para que o organismo funcione bem. Mas o poder maior da fruta está na quercitina, fitonutriente que reduz os riscos de desenvolver doenças cerebrovasculares e câncer no estômago, fígado e pulmão, principalmente. Cientistas do Núcleo de Pesquisa em Alimentos Funcionais da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul descobriram ainda que as pessoas que comem pelo menos cinco maçãs por semana respiram e dormem melhor e apresentam menos probabilidade de ter problemas na garganta.

6. LINHAÇA CONTROLA A OSCILAÇÃO HORMONAL

O alimento é extremamente rico em ácidos graxos ômega 3, baixa o colesterol ruim e a taxa de triglicérides. Estudos recentes atribuem à linhaça propriedades que ajudam a controlar os hormônios. Ela amenizaria os efeitos da TPM e os fogachos da menopausa. “Além disso, a semente é um alimento biogênico, ou seja, é capaz de guardar informações genéticas para a formação de novos seres e, portanto, também funciona como um revitalizante poderoso das funções físicas e mentais”, diz a química Conceição Trucom, autora do livro A Importância da Linhaça na Saúde (editora Alaúde). Ela recomenda ingerir uma colher de sopa da semente por dia, polvilhada sobre saladas ou iogurtes ou misturada a pães e bolos.

7. IOGURTE PREVINE DOENÇAS

O valor desse alimento está nos 6 milhões de bactérias probióticas por mililitro. “Além de equilibrar a flora intestinal, elas auxiliam no trabalho de absorção dos nutrientes”, diz a endocrinologista Alessandra Rascovski, de São Paulo. No livro A Dieta Perricone – Aprenda a Perder Peso e Cuidar da Pele e da Saúde ao Mesmo Tempo (editora Campus), o dermatologista americano destaca que o consumo regular de alimentos probióticos previne infecções causadas por fungos, melhora a imunidade, controla o colesterol e reduz o risco de câncer. Um copo de iogurte por dia já traz todos esses benefícios desde que não tenha corantes, conservantes, espessastes nem adição de açúcar – tudo isso pode atrapalhar a sobrevivência das bactérias no organismo.

Você é daquelas pessoas que vira e mexe está pegando uma gripinha aqui e ali? Então tenha certeza que você está com sua imunidade baixa, e nos tempos de hoje em que tantas doenças estão ameaçando as pessoas, como é o caso da nova gripe que já matou milhões de pessoas por todo o mundo, estar com o sistema imunológico enfraquecido pode ser um risco constante. Por isso, é muito importante manter hábitos saudáveis para que nosso sistema imunológico esteja sempre fortalecido, e nós longe dessas doenças. E esses hábitos saudáveis incluem principalmente o fator alimentação. Por isso, conheça a dieta certa para aumentar sua imunidade, o exemplo de cardápio a seguir oferece toda essa força dos alimentos com apenas 1800 calorias.
No café da manhã você pode se alimentar com 1 xícara de café, 2 fatias de pão integral com queijo branco e 1 copo de 200ml de suco de caju.
Depois de umas três horas ainda temos o lanche da manhã, que é também conhecido como colação. Essa pode ser composta de 1 copo de 200 ml de suco de acerola e 1 barra de cereais light.
No almoço você pode comer 3 colheres de sopa de arroz integral com cenoura e ½ concha de feijão, 1 filé de carne de 120g grelhado, 2 colheres de sopa de couve refogada, 1 prato raso de salada de agrião com palmito temperada com limão e 1 kiwi.
No lanche da tarde você pode se alimentar com uma laranja, 4 biscoitos integrais e 1 fatia fina de queijo de minas. Finalmente o jantar que terá 4 batatas pequenas cozidas, 1 prato raso de espinafre refogado, 1 filé de frango de 120g grelhado e 1 copo de 200ml de limonada, preferencialmente com adoçante. E para quem tinha achado que era o final, para a ceia terá 1 pote de iogurte natural light.
Uma dica é que você pode estar trocando as frutas, hortaliças e carnes por outras com o mesmo valor calórico e eficiência em nosso organismo. Pois, esse é um cardápio especializado para aumentar a sua imunidade.

Também pode se fazer uso de varias ervas para aumentar a resistência, dar mais vigor e estimulo para o corpo e mente.

CATUABA
pertence à família do gênero eritroxilácea. Rica em esteroides, taninos e saponinas.
Tem ações terapêuticas – afrodisíaco estimulante do sistema nervoso, fadiga, impotência, insônia, tônico, neurastenia, memória fraca. Equilibra e acalma o sistema nervoso central. A catuaba é um afrodisíaco que estimula o desejo sexual e aumenta a libido tanto no homem como na mulher.

Estimula o fluxo sanguíneo aos órgãos genitais, pode fortificar e prolongar uma ereção aumenta a excitação sexual e dá orgasmos mais fortes.
pouco após a ingestão, a maioria das pessoas sentirá formigueiros ao longo da coluna e um aumento da sensualidade pelo corpo inteiro. A pele e os órgãos genitais tornam-se mais sensíveis.

NÓ-DE-CACHORRO.

Cordão de são Francisco pertence à família botânica malpighiácea, sendo chamada de heteropterys afrodisíaca. usada como tônico ou estimulante, bem como para o tratamento de debilidades do sistema nervoso, e empregado como depurativo do sangue e possui elementos psicoativos. É um dos mais famosos e o mais potente afrodisíaco. Conhecida popularmente com os nomes de nó de cachorro, raiz-de-santo-antônio e cordão de são Francisco. Damiana. Cresce nas florestas tropicais da América, erva afrodisíaca, poderoso tônico estimulante, age diretamente no sistema nervoso, também é usado contra a fatiga, esgotamento nervoso, exaustão, desordens hormonais, congestões, incontinência urinária, albumina, asma, bronquite, cistite, constipação intestinal, depressão, diabete, diarreia e frigidez feminina.

MARAPUAMA.

Nomes comuns: muirapuama, muiratã, marapuama “ptychopetalum olacoides” de origem amazônica é afrodisíaco. seu alcalóide tem ação estimulante do sistema nervoso central, é antidepressivo, é indicada em casos de esgotamento físico e impotência sexual, ação estimulante, afrodisíaca, antirreumática e digestiva. Recomendada em casos de disenteria, stress, fadiga, depressão e perda de memória, uso em estética no combate à celulite.

VERGATEZA (ANEMOPAEGMA ARVENSE).

A arvense é conhecida com os nomes de alecrim do campo, catuaba verdadeira, catuabinha, catuíba, catuaba-pau, caramuru, tutuaba, piratançara, marapuama do cerrado, verga – teso vergateza e pau-de-resposta. Seus constituintes são a catuabina (substância amarga), aromáticos, resinas, tanino e alcaloides similares á atropina. Indicadas contra impotência sexual, como tônico, como energético e estimulante do sistema nervoso, sendo utilizadas também contra insônia e falta de memória.

TRIBULUS TERRESTRIS.

O tribulus terrestres provoca vaso dilatação na região genital, o que pode explicar os seus efeitos sobre a ereção.

Pode aumentar ainda a contagem de espermatozoides, bem como a sua mobilidade, podendo, por isso, ser um auxiliar precioso para tratar a infertilidade. Em mulheres, diminui os sintomas da frigidez sexual, aumenta a libido e reduz os sintomas da menopausa.

GINSENG.

Possui aminoácidos, sais minerais e vitaminas. Estimula o corpo e a mente tem ação contra o cansaço e desanimo fadiga física e mental, stress e depressão. Auxiliar no tratamento do diabetes. Estimulante sexual.

GUARANÁ.

Tônico revigorante e estimulante é indicado contra stress, depressão, enxaqueca, possui média ação afrodisíaca. Desintoxica e melhora as funções cardíacas.

MACA-PERUANA.

Tônico natural melhora o desempenho sexual melhora a assimilação de glicose pelas células, atenua sintomas da menopausa (ondas de calor, osteoporose).

MELANCIA.

Servem para curar o reumatismo, febre, elimina vermes, obstrução renal, limpa o estomago e o intestino, ajuda na nas enfermidades: artrite, obesidade, bronquite, acidez gástrica, pressão alta, elimina o acido úrico, ajuda o fluxo da irrigação sanguínea, reativa o bom libido evita a ejaculação precoce. Fornecem vitaminas, aminoácidos, sais minerais, energizando o sistema endócrino evitando cansaço, depressão, fadiga intelectual, stress e esgotamento. Ativa poderosamente a memória, o vigor físico e o bom ritmo sexual. E com toda esta fonte vital de energia, evitando assim o cansaço físico, mental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.